O mesmo Arafat (Portuguese)

Em 1982 Yasser Arafat chamou Ariel Sharon de assassino de crianças, por conta dos episódios de Sabra e Chatilla. Mas o líder palestino não conseque olhar para seu próprio umbigo para perceber que se alguém merece tal adjetivo, esse alguém é ele mesmo.

Para o resto do artigo clique abaixo.





Em 1982 Yasser Arafat chamou Ariel Sharon de assassino de crianças,
por ocasião dos episódios de Sabra e Chatila. O líder da OLP pediu
também um julgamento e condenação internacional do então ministro
israelense da defesa. Muito engraçado que o senhor Arafat chame
alguém de assassino sem olhar para o seu próprio umbigo. Acaso ele
mesmo, Yasser Arafat, não tira do dinheiro que recebe como ajuda
internacional para projetos nos territórios palestinos para
financiar atividades terroristas contras civis israelenses? Acaso
ele mesmo não é um terrorista em fim de carreira?

Sobre o que aconteceu em 1982 em território libanês várias análises
e versões já foram apresentadas. Mas em poucas fala-se sobre a
hipocrisia de Arafat. E hoje, 20 anos depois, o presidente da
Autoridade Nacional Palestina continua impune dos atos que cometeu
antes e depois do ataque das milícias cristãs libanesas naquele
acampamento de refugiados. Pouco se fala que Arafat tirou proveito
do episódio. Arafat talvez não saiba que ele mesmo pode ser
considerado assassino de crianças pior que qualquer outro que ele
queira acusar. Ou os grupos terroristas que agem sob sua
administração não matam crianças e, pior, dos dois lados?

Morrem as crianças israelenses nos ataques terroristas e morrem as
crianças palestinas que poderiam ter boa escola, boa moradia, boa
alimentação, boas condições de saúde se todo o dinheiro
internacional que cai nas contas da ANP fosse utilizado para o fim
que os financiadores pensam estar contribuindo. E depois ainda
colocam a culpa de todo sofrimento nas mãos de Israel. O governo
israelense pode ter seus erros, mas não manda seus cidadãos para
ataques suicidas contra os palestinos e até pune quem tenta imitar
as táticas adversárias. Ariel Sharon pode ter seus defeitos, mas
não é ele quem aplaude cada atentado que só reacende a chama do
ódio, dos dois lados.

Hoje mais uma bomba foi detonada em Israel, desta vem em um ônubus
lotado em Tel-Aviv. Mais uma vez foi só falar em aplicação de plano
de paz. Não adianta mais falar sobre isso, está na cara para todo
mundo ver o que esses grupos não querem. Porque o que querem, eles
dizem abertamente e em suas rezas diárias oram pela oportunidade de
jogar "esses judeus" no mar.

Li-Chang Shuen 10.09.02
Posted by David Melle
 Link to this page |   Email this entry |   digg this

Comments

Os FELICITAÇÕES, eu fui surpreendido do Web site bom que puderam fazer, recomendado à milha um amigo e a verdade que eu os felicito. Adeus e agradecimentos.

Posted by: Guns And Roses at August 23, 2005 06:59 AM


Post a comment




Remember Me?


Enter the code shown:   
This helps us prevent automated spam comments

Comments are open and unmoderated, although obscene or abusive remarks may be deleted. Opinions expressed do not necessarily reflect the views of FactsOfIsrael.com. See the Terms of Use for more details.

Email this entry
Email this entry to
(Please enter email address):


Your email address:


Message (optional):


Referrers to this Page

FAIR USE NOTICE

This site contains some copyrighted materials the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. We are making such material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a 'fair use' of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. For more information go to: http://www.law.cornell.edu/uscode/17/107.shtml. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond 'fair use', you must obtain permission from the copyright owner.